sexta-feira, 9 de abril de 2010

Você tem vergonha de falar inglês em público?

A maioria das pessoas tem vergonha de falar em público. Em inglês ou português ou qualquer outra língua.

Você tem medo de que?

- medo de ser ridicularizado?
- medo de falar errado?
- medo de dar um branco e esquecer o que ia falar?


Posso dizer que todo mundo passa por esses medos, até um professor de inglês.
Todos nós ficamos inseguros ao sermos testados e, corremos o risco ao expormos aquilo que sabemos (ou não) aos outros.

É bem certo que as pessoas são muitas vezes cruéis, criticando e exagerando o erro dos outros, mas há aqueles com bom senso e que valorizam a mensagem que lhes foi passada.

Um bom exemplo disso, é a entrevista com o jogador Anderson do Manchester United:



Não entendi tamanho alvoroço na época...O Anderson não é falante nativo de inglês. Só por isso, já temos que dar um desconto.Nem sabemos quanto tempo ele levou para reproduzir uma entrevista de quase dez minutos e, quem trava ao falar sabe que apenas uma frase já é um sufoco.

Enfim, o Anderson passou a mensagem dele e isso é o que importa.

Se você precisa falar inglês na sua empresa com o seu chefe, o importante para ele é que você se comunique, que você se faça entender.

É claro que você não vai querer as deficiências na língua para o seu futuro. Para isso, continue os seus estudos e não pense que falando com erros já é o suficiente.

Aqui vão algumas dicas para melhorar a sua fluência e perder a vergonha de falar inglês em público:

1-Ganhe vocabulário

Estude, leia, procure novas palavras no Google, no dicionário, no glossário de seu livro em inglês. Com o tempo, não traduza as palavras mas procure o significado delas em inglês.
Ter mais vocabulário te ajuda a substituir uma palavra que você não lembra e evita aquele "branco".

2-Decore expressões

Algumas expressões te ajudam a dar continuidade nas frases ou diálogos. Por exemplo: alguém te conta algo e você já retruca:Oh, really?

Outra:alguém te conta algo ruim e você lamenta:Oh, that´s too bad.

Você está contando uma história que te aconteceu, então use then, so, etc...(seu professor te ajudará nesse ponto).

Nessas horas nada de ficar traduzindo palavra por palavra pra expressar o que você quer. Decore mesmo as expressões que vão te ajudar.

3- Estude com música: eu estudei bastante assim. Até hoje escuto para ficar por dentro dos "slang" que mudam com o tempo.

O site www.vagalume.com.br tem um acervo genial e a maioria das músicas tem tradução e video anexado para você acompanhar.


4- Seja feliz!

Não se importe com as críticas.Como falei antes, o importante é passar a sua mensagem.

Se você acha que alunos na sua classe estão te prejudicando com gozações, fale com o seu professor e com o coordenador da escola. Eles saberão conduzir essa situação pra você.

Se ninguém te ofende mas mesmo assim você fica tímido ao falar, faça aulas particulares.O resultado é gradual e mais rápido e você receberá feedback constante do seu professor.

5- Não esqueça de ter manter suas metas.

Muitos vão perdoar a sua pronúncia, os seus erros ou o seu acanhamento.Mas não pra sempre...
Não exagere. Não estacione. Não se conforme com um pouco que você já sabe.

Estude sempre e tenha como meta ganhar fluência e o melhor nível no idioma que você aprende.

6 comentários:

  1. Olá,

    Conheci o seu blog hoje. Li vários posts, e com certeza voltarei aqui. Achei muito interessante, pois estou querendo retomar meus estudos no idioma. Tenho curso básico, mas quero aprimorar e aprender a falar de verdade.
    Abraços e parabéns pelo blog.

    Vanessa

    ResponderExcluir
  2. Oi,Vanessa!Obrigada pela visita ao meu blog!
    Espero que minhas dicas sejam úteis aos seus estudos!
    Hugs!!

    ResponderExcluir
  3. Mariza, vou precisar muito de vc. Adorei as suas dicas, pois estou em uma situação crítica. Sempre estudei muito inglês, em cursos, mas sentia um nervosismo extremo quando me via na situação real de precisar falar. Minha ultima investida foi ficar 1 mês em São Francisco na escola Embassy, lá sozinha foi tudo bem, destravei um pouco e recebi elogios dos professores sobre minha pronuncia. Mas chegando aqui,uma nova oportunida de falar diante de um visitante a empresa me colocou a prova e eu não conseguia falar nada, apenas palavras soltas. Travei.

    ResponderExcluir
  4. Oi,Beth!

    Vou colar aqui o que te respondi por e-mail pq acho que pode ajudar outras pessoas como você;

    Fico contente que minhas dicas tenham te ajudado!
    Em breve estarei escrevendo sobre condições sociais x medo de falar inglês.Ou seja, quanto maior for a sua posição social, mais responsabilidades você terá diante do meio que te cerca.
    A maioria dos alunos que me procuram por bloqueio para falar inglês, já possuem um posição social e um cargo de trabalho bem elevados.
    Quanto maior a sua responsabilidade, maior o seu bloqueio. Isso pq vc pensará:eu cheguei ate aqui, devo provar que sou boa em tudo.
    Isso é perfeitamente normal.
    Além disso tudo, siga o exemplo do que eu falei sobre o jogador de futebol:fale errado (no começo), mas comunique-se.
    Imagine se vc estivesse perdida nos E.U.A precisando de ajuda e as pessoas se escondessem com medo de falar com vc.
    No hora do aperto, vc estaria mais interessada em achar o caminho de volta ou na pronúncia de um transeunte?
    O mesmo acontece com os estrangeiros aqui.
    O que vai te ajudar mesmo (além das dicas do blog), é ter uma dose diária de inglês no seu dia-a-dia.Pode ser com música, chat, etc...
    Faça um diário em inglês!A cada dia, escreva algumas linhas de como foi o seu dia.
    Mesmo sendo uma atividade escrita, isso fará com que vc sempre tenha contato com a língua.
    Com o tempo, tenha aulas com um professor nativo. Indico isso para alunos do nível intermediário em diante.
    Participo de um fórum no Orkut e deixei um recado sobre aulas no Rio, mas até agora ninguém retornou o meu anúncio.
    Vamos continuar aguardando!!

    Hugs!!!


    Mariza

    ResponderExcluir